Goiânia, 05/12/21
Tribuna Livre Goiás
CIDADES · 07/10/2020

Hoje é dia de dar adeus ao escritor Semi Gidrão

Em luta há vários anos contra as complicações do diabetes, acadêmico é vencido pela doença e deixa uma lacuna na cultura de Jaraguá e do Estado


Foto rede social

Por Miriam Babosa

O escritor e ocupante da Cadeira nº 20 da Academia Jaraguense de Letras, Semi Gidrão, faleceu na manhã desta quarta-feira, 7, vítima de complicações decorrentes do diabetes, deixando em luto familiares e amigos. Nascido em Barretos, interior de São Paulo, Gidrão escolheu o Estado de Goiás para viver, e aqui fincou raízes e arrebanhou uma infinidade de amigos e admiradores, pessoas com quem ele caminhou e com as quais teve a alegria de compartilhar a sua efusiva literatura.


Autor de vários livros de poesia e de contos como Enxadas, Machados e Foices, Presente de Casamento, Restarão Deus, Recortes de Policarpo e outros, Gidrão percorreu com naturalidade todos os gêneros, deixando um importante legado para a literatura de Goiás. Com o seu conto Recortes de Policarpo, o autor foi premiado num concurso literário na Alemanha. Esse conto está no livro Policarpo e Estórias ao Pé da Serra.

Jornalista e cronista, Semi Gidrão foi fundador do jornal O Portal Correio de Notícias, uma publicação direcionada ao Vale do São Patrício. Foi editor da Revista Saber, na Ilha da Madeira, em Portugal. Como editor e artista gráfico, Gidrão realizou a edição de vários livros de outros autores, contribuindo para o fortalecimento da literatura no estado. 

Semi Gidrão foi diretor da União Brasileira de Escritores – Seção Goiás, e fundou a União das Faculdades Alfredo Nasser em Aparecida de Goiânia, onde instituiu e aprovou junto ao Ministério da Educação vários cursos de nível superior para aquela instituição. 

Semi Gidrão foi Superintendente da Agricultura durante o mandato do Governador Alcídes Rodrigues. Como superintendente, foi autor de vários projetos que contribuiu para o fortalecimento da agricultura do estado.

Gidrão era um apaixonado por Goiás e por Jaraguá e deixou a sua contribuição para a cultura Jaraguense. Como retribuição, recebeu do município a Comenda Padre Silvestre. Semi contribui também com este portal, onde teve sempre voz para celebrar e divulgar a história e a vida de nossa cidade e do Estado. 

Mais que um grande profissional, Gidrão foi um parceiro na luta deste portal, por uma sociedade mais justa e menos desigual. Aqui ele deixou crônicas, artigos, mas deixou, mais que isso, amigos que vão sentir muito a sua falta. 

Nossas homenagens ao escritor e jornalista e nosso pesar por sua partida, num momento em que o mundo precisa tanto de soldados no campo de batalha, na batalha pela vida, pelo amor e pela solidariedade, o que ele tanto defendeu.

Míriam Barbosa, editora do Portal de Notícias Tribuna Livre Goiás


Tags: Gidrão Jornalista Escritor Academia de Letras