Goiânia, 05/12/21
Tribuna Livre Goiás
BRASIL · 15/10/2021

Maratona presidencial 2022

Uma análise do terreno Político nacional na disputa a presidência em 2022.


Google

Por Hemerson Joca

Jair Messias Bolsonaro vem se sustentando um grande estrategista, desde a sua pré-campanha em 2018. Namorou vários partidos e até transformou o PEN (partido ecológico nacional) em PATRIOTA 51. Mesmo desconfiado, acabou filiando o (PSL) que lhe deu a legenda e onde disputou a eleição 2018 sendo eleito.

Desde 2018, Bolsonaro vem tendo uma série de contratempos com o PSL de Bivar. Por causas das divergências o fez ficar sem partido. E tenta fundar o Aliança pelo Brasil.
O Aliança pelo Brasil (APB) é uma organização política brasileira que pretende se transformar em partido político. Foi anunciada por Jair Bolsonaro, em 12 de novembro de 2019, durante o exercício do mandato de presidente do Brasil, ao declarar a sua saída do Partido Social Liberal (PSL).

Em live no Facebook, na 5ªfeira 13.agosto de 2020, ao falar sobre as eleições de 2022, Bolsonaro declarou que não poderia “investir 100%” no (Aliança pelo Brasil), legenda que pretendia fundar, e disse que cogita voltar ao PSL.

No mesmo dia em entrevista ao jornal O Globo, Bivar disse que a fala de Bolsonaro foi uma “gentileza”, mas ambos não chegaram efetivamente a tratar do assunto.

A via-sacra continua com a criação do União Brasil 44.

O que é União Brasil?
É um partido político brasileiro em processo de formação resultante da fusão entre o Partido Social Liberal (PSL) e o Democratas (DEM), aprovada por ambas agremiações em 6 de outubro de 2021. A partir de sua aprovação pelo Tribunal Superior Eleitoral, será o partido com o maior número de membros na Câmara dos Deputados.

Em entrevista à CNN no dia 27 de setembro, o presidente nacional do (DEM) ACM Neto disse: "A fusão tem como prioridade lançar um candidato à Presidência da República”.

“É obvio que o nosso desejo é que o novo partido nasça sendo o maior e o mais importante do Brasil, não apenas em número de parlamentares, mas em governadores para 2022, e a possibilidade de ter um projeto nacional próprio. Mas a prioridade do partido será lançar um candidato a Presidência da República”, afirmou.

Entre os possíveis pré-candidatos a presidente pelo 44 está o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, que já disputou o pleito em 1989 pela UDR (União Democrática Ruralista). Porem Caiado afirma que será candidato a governador de Goiás novamente.


Com análise nas declarações de ACM e Bivar
poderemos pressupor que Bolsonaro caminha com muito esmero navegando como num Inferno de Dante que ainda passara pelo Purgatório para chegar ao Paraíso em 2022




Tags: Bivar União Brasil PSL Ronaldo Caiado Gustavo Mendanha Bolsonaro ACM Neto Eleição 2022 Governador de Goiás Ultimas da semana as Ultimas Notícias Goiás Urgente