Goiânia, 26/06/22
Tribuna Livre Goiás
CIDADES · 22/04/2022

Em Iporá, governador Ronaldo Caiado participa do 14º Encontro Nacional de Muladeiros

Durante evento, Governo de Goiás lançou Passaporte Equestre, iniciativa que garante agilidade, menos burocracia e maior economia para transporte de equinos


Hegon Correa e Júnior Guimarães

O governador Ronaldo Caiado durante o 14º Encontro Nacional de Muladeiros, em Iporá, quando foi lançado o Passaporte Equestre

Por Agência Brasil

O governador Ronaldo Caiado participou, nesta quinta-feira (21/04), em Iporá, no Oeste Goiano, da abertura oficial do 14º Encontro Nacional de Muladeiros e do tradicional desfile pelas ruas da cidade. Considerado um dos maiores eventos do gênero no mundo, o encontro foi iniciado na terça-feira (19/04) e segue até o domingo (24/04), no Parque de Exposições Agropecuárias. Nesta sexta-feira (22/04), Caiado assistirá a provas de animais e visitará estandes de expositores.

“A festa vem com ainda mais força, mais brilho, mais vontade das pessoas se encontrarem, se abraçarem”, destacou Caiado. Após dois anos de interrupção do evento devido à pandemia, o governador disse que é hora de recuperar o tempo perdido e celebrar a história e a tradição de Goiás. 

A programação organizada pela Associação dos Muladeiros do Oeste Goiano (Amog) com apoio da prefeitura de Iporá conta com atrações culturais, artísticas e exposição de muares, que participaram de provas de marcha, morfologia, laço, apartação e rédea. A 14ª edição do encontro seria realizada no mês de janeiro, mas foi adiada devido ao avanço dos números da Covid-19 em Goiás.

O prefeito de Iporá, Naçoitan Leite, disse que acompanhou Caiado na decisão de adiar a festa, com apoio da Amog. “Agora, graças a Deus, nossos amigos estão todos presentes novamente”, comemorou o prefeito. 

Passaporte Equestre

Durante a programação de abertura, Caiado lançou o Passaporte Equestre. Graças à tecnologia, o documento dispensa a emissão de nota fiscal no trânsito de equinos, asininos e muares. A iniciativa da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) e da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), com apoio da Secretaria da Economia e da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), garantirá agilidade, menos burocracia e maior economia para o equideocultor. 

Com o passaporte, os animais são identificados por chip e cadastrados por meio de QR Code, o que permite o livre transporte para participar de cavalgadas, desfiles, treinamentos, concursos, provas e qualquer outra atividade ou evento de natureza cultural, desportiva ou de lazer. A praticidade vai substituir os protocolos praticados até então, em que o criador precisava carregar uma "pastinha" com cinco documentos por animal.

A novidade também estende de 60 para 180 dias o prazo de validade de exames. Quanto à Guia de Trânsito Animal (GTA), era cobrado em torno de R$ 15 por emissão e exigido documento novo a cada movimentação. Agora, a taxa única é de R$ 60 ao ano. A adoção do Passaporte Equestre é facultativa. 

“Minha mula Estrela já está chipada e, com isso, pode transitar sem a necessidade de repetir exames”, disse Caiado. Como explica o governador, antes, a repetição dos exames onerava muito os produtores e era um dos empecilhos para o fluxo de animais nos tradicionais eventos do ramo em Goiás. “A partir de hoje, poderemos conduzir nossos animais com uma única guia”, comemorou o deputado estadual Amauri Ribeiro, autor do projeto de lei na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). 


Tags: Caiado Benefício Goiânia Governo