Goiânia, 15/08/22
Tribuna Livre Goiás
Goiás · 27/05/2022

“O que nos move é levar dignidade para todos os quadrantes de Goiás”, diz Caiado em encontro com quilombolas

Governador e primeira-dama Gracinha Caiado receberam lideranças de 65 comunidades que, durante o evento, destacaram apoio e a implantação de políticas públicas assertivas pela atual gestão


Lucas Diener, Wesley Costa e Júnior Guimarães

O Palácio das Esmeraldas foi palco de encontro entre comunidades quilombolas, o governador Ronaldo Caiado e a primeira-dama Gracinha Caiado: “O que nos move é levar dignidade para todos os quadrantes de Goiás”, disse o chefe do Executivo Estadual

Por Tribuna Livre

Nesta terça-feira (31/05), o Palácio das Esmeraldas foi palco de um grande encontro entre integrantes de 65 comunidades quilombolas e o governador Ronaldo Caiado, acompanhado da presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado. O evento contou com presença de cerca de 150 membros de diferentes comunidades, entre elas, as de Muquém, Forte, Mesquita, Moinho, Boa Nova, Pilar e Kalunga.

Durante o encontro, foram entregues certificados do curso de “Empreendedorismo social”, realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds), em parceria com o Sebrae Goiás, para 65 presidentes e lideranças de associações quilombolas que participaram da capacitação. Cada um deles também recebeu o cartão do Crédito Social para que possam começar seu próprio negócio. A entrega é a primeira de duas etapas que, juntas, totalizam R$ 500 mil. O valor concedido aos membros de comunidades quilombolas é destinado para financiar empreendimentos próprios. “O que nos move é levar dignidade para todos os quadrantes de Goiás”, disse Caiado. 

Os novos empreendedores aproveitaram o evento também para expor seus produtos que resultaram da formação advinda do curso oferecido pelo Estado, exibindo itens de artesanato e alimentícios. “Só hoje, estamos distribuindo R$ 5 mil para cada uma das lideranças que fizeram o curso de empreendedor. Isso é uma realidade que não existia, eles se sentem respeitados”, ressaltou o governador. 

Em Goiás, atualmente, são 82 comunidades quilombolas, com 67 associações, cerca de 12 mil famílias e um contingente populacional de aproximadamente 50 mil pessoas, presentes em 47 municípios em todas as regiões do Estado. “Falar em comunidades quilombolas é falar em tradição, é falar de um povo que cuida das riquezas naturais e guarda uma história de luta e de resistência. Tenham certeza do nosso carinho e admiração pelas tradições e cultura. Eu quero ser parceira, poder trabalhar e continuar junto para sempre melhorar”, disse Gracinha Caiado. 

O prefeito de Cavalcante, Vilmar Kalunga, posiciona o trabalho realizado em prol da população quilombola em Goiás em destaque nacional. “As ações que o Governo de Goiás tem feito para o nosso povo quilombola devem servir de exemplo para outros quilombos no Brasil”, enalteceu o gestor. “As verdades acerca de nossa história nos provam que as políticas públicas implementadas, garantidas como direitos, só chegam até nós se passarem por mãos e forem abraçadas por políticos sérios”, pontuou o líder da comunidade quilombola Vazante, de Divinópolis de Goiás, Josemiro Prado.

Liderança da comunidade quilombola Porto Leocádio, de São Luiz do Norte, José Dias relatou a mudança que observou na educação, área em que atua há 23 anos. “Educar com amor é educar para a vida. E, hoje, a nossa educação se transforma em Goiás e continuará nos transformando”, avaliou. Já o presidente da associação quilombola Comunidade Mucambo, de Santa Cruz de Goiás, Luís Fernando Sousa, agradeceu a oportunidade e convidou os pares que se mobilizem para integrar iniciativas de apoio do poder público, como editais culturais. “É uma forma de estruturar e dar condições para gente fazer um melhor trabalho para as pessoas da comunidade”, comentou.

Ações direcionadas

A atual administração do Governo do Estado foi a primeira a fazer um levantamento completo das necessidades das comunidades quilombolas de Goiás. A atenção envolve iniciativas que vão desde a moradia, à saúde, passa pela infraestrutura das regiões onde se encontram, educação, artesanato, até o incentivo econômico, para que possam ter autonomia para se desenvolverem. 

O titular da Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds), Wellington Matos, acredita que a somatória de esforços em todas as áreas governamentais confere resultados para promoção de reconhecimento, visibilidade, cidadania e incentivo à comunidade quilombola. “O dia de hoje é para mostrar como essa comunidade tradicional deve ser vista, valorizada e apoiada”, enfatizou.

Ainda na área social, todas as comunidades foram beneficiadas com o Programa Mães de Goiás, que abrangeu 1.264 chefes de família. Diversos jovens foram contemplados com o Programa Aprendiz do Futuro. No total, 154 inscritos que se declararam quilombolas foram selecionados pela iniciativa. 

Além disso, famílias foram inscritas no programa tarifa social de energia elétrica e, em parceria com a Enel, diversas comunidades foram contempladas com a troca gratuita de geladeira e lâmpadas mais econômicas e gratuitas. Houve ainda a instalação de água potável encanada; construção de pontes e recuperação de estradas pela Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra); e instalação de internet em escola no Vão do Moleque, em Cavalcante.

Também participaram do evento desta terça-feira os secretários César Moura (Retomada), Tiago Mendonça (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Sandro Rodrigues (Saúde), Fátima Gavioli (Educação), Joel Sant’Anna Braga Filho (Indústria, Comércio e Serviços) e Renato Brum (Segurança Pública); além da diretora-geral da OVG, Adryanna Caiado; o diretor superintendente do Sebrae Goiás, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, o ex-deputado federal Daniel Vilela e vereadora por Professor Jamil, Luzia Quilombola.


Tags: Benefício Goiânia Governo Goiás