Goiânia, 19/01/22
Tribuna Livre Goiás
CIDADES · 03/11/2019

Em Porangatu, ministro da Infraestrutura garante duplicação da BR-153 entre Goiás e Tocantins

Investimentos na rodovia devem chegar aos R$ 7,5 bilhões. Para custos operacionais serão concedidos R$ 3,7 bilhões


Reprodução/Ministério da Infraestrutura

Por Thyélen Lorruama

Em audiência pública para discutir a concessão de 850,7 quilômetros da rodovia BR-153/414/080, entre Goiás e Tocantins, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, garantiu que o governo federal irá conceder a duplicação da via, entre outros serviços. A solenidade ocorreu na última sexta-feira, 1º de novembro, em Porangatu.

“Estamos ouvindo o mercado ainda pra ver alguns problemas que, eventualmente, o modelo possa ter. Não adianta ter uma licitação bem-sucedida se não tiver um contrato bem-sucedido, e a própria BR- 153/GO é prova disso. Um contrato bem-sucedido trará melhorias para rodovia, usuário e para o Brasil", afirmou Freitas. 

Concessão da BR-153

A BR-153 é considerada a principal ligação do Meio-Norte, que une os estados do Tocantins, Maranhão, Pará e Amapá com a Região Centro-Sul do país. A concessão vai compreender um total de 850,7 quilômetros da BR-153/414, entre Goiás e Tocantins, de Anápolis a Aliança. 

De acordo com a pasta, a rodovia será uma das primeiras do Brasil no modelo híbrido, com menor tarifa e maior outorga. A obra prevê duplicação de 623,4 quilômetros, além de 22,3 quilômetros de faixas adicionais. Ao longo da rodovia, também serão construídas 21 passarelas.

A concessão, a ser assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), consiste na exploração, por 30 anos, da infraestrutura e da prestação do serviço público de recuperação, conservação, manutenção, operação, implantação de melhorias e ampliação de capacidade das rodovias BR-153/414/080/TO/GO.

No trecho da BR-153/TO/GO, serão 624,1 km, no entroncamento com a TO-070 (Aliança do Tocantins) até o entroncamento com a BR-060 (Anápolis); no trecho da BR-414/GO, serão de 139,6 km, entre o entroncamento com a BR-080/GO-230(A)/324 (Assunção de Goiás) e a BR-153/GO-222/330 (Anápolis); no trecho da BR-080/GO, serão 87 km, entre o entroncamento com a BR-414/GO-230(B) (Assunção de Goiás) até o entroncamento com a BR-153(A)/GO-342(B).


Tags: BR-153 duplicação concessão Goiás Ministério da Infraestrutura