Goiânia, 19/01/22
Tribuna Livre Goiás
AGRONEGÓCIO · 08/12/2019

Agricultura de Goiás cria grupo de trabalho para regularizar produção artesanal de queijos

O objetivo é integrar órgãos de defesa sanitária, assistência técnica e apoio operacional, para estimular o desenvolvimento do setor


Reprodução

Por Thyélen Lorruama

Foi criado pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), um grupo de trabalho voltado ao auxílio na regularização de queijarias artesanais e fomento da comercialização desse tipo de produto no estado.

O objetivo é integrar órgãos de defesa sanitária, assistência técnica, apoio operacional, entre outros, para estimular o desenvolvimento do setor, proporcionando um mercado com mais oportunidades e produtos com maior valor agregado.

A primeira reunião de alinhamento para início dos trabalhos do grupo foi realizada na última sexta-feira, 6 de dezembro, e reuniu o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, o chefe de gabinete, Adélio Prado, o superintendente de Produção Rural Sustentável, Donalvam Maia, o superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Goiás), Dirceu Borges, o assessor técnico do Senar Goiás, Carlos Eduardo Freitas Carvalho, e o produtor rural, João Vicente.

De acordo com o secretário Antônio Carlos, existe uma busca crescente por produtos diferenciados, e a proposta artesanal se enquadra nisso. “Enquanto secretaria, precisamos oferecer suporte e políticas públicas no sentido de contribuir com a regularização dos produtores, auxiliando-os no desenvolvimento de seu processo produtivo e incentivando a agregação de valor ao produto final”, comentou, ao reafirmar que o foco do Governo do Estado de Goiás é atender aos interesses de todos os goianos.

Plano de ação

Dirceu Borges, do Senar Goiás, se propôs a contribuir no sentido de oferecer cursos de capacitação voltados a produtos artesanais. Futuramente, deve-se iniciar um projeto piloto em Goiás dentro do eixo de agroindustrialização, com regularização da produção e fomento para a comercialização.

Para efetivação das tarefas e abrangência de todos os aspectos importantes para a produção e comercialização, o secretário Antônio Carlos se dispôs a convidar outros órgãos e entidades que possam contribuir com a estruturação do plano de trabalho.


Tags: Secretaria da Agricultura Goiás produção artesanal de queijos regularização